Desde que nasci, fui criada em uma família onde existia divisão de tarefas em casa, e sempre deu certo. Nunca achei justo apenas minha Mãe ou um de nós ter que fazer tudo sozinho, então após me casar, não poderia ser diferente, conversei com meu marido e decidimos fazer também a nossa divisão de tarefas.

 

Na época em que me casei, nós dois trabalhávamos fora, então se a gente não se organizasse e compartilhasse um pouco dos afazeres pra cada um, com certeza um de nós acabaria esgotado, principalmente porque os dois faziam faculdade à noite.

 




 

Eu sempre gostei mais da parte interna, limpar, organizar e lavar, já o meu marido, sempre gostou mais da parte do quintal, fazer o jantar, e cuidar do lixo. Depois que nos mudamos para essa casa atual, no final de 2012, eu saí do meu emprego, e então nada era mais justo do que assumir todas as funções da limpeza mais pesada sozinha enquanto ele trabalhava, mas mesmo assim, ainda optamos por compartilhar algumas tarefas, pois ele gosta de fazer algumas coisas, como cozinhar, mantendo assim nossa divisão de tarefas.

 

Depois que tivemos nossos filhos, essa divisão de tarefas se tornou ainda mais importante, pois é humanamente impossível dar conta de tudo sozinha da mesma forma que antes. Eu acredito que a melhor forma de mostrar ao seu parceiro o quanto é importante contar com a ajuda dele, é conversando. Muitas mulheres carregam caladas o “fardo” de ter que cuidar de tudo, apenas porque ficam em casa e os maridos trabalham fora, mas sabe, se eles ajudam a bagunçar/sujar, porque não limpar também?

 

Como vocês sabem eu procuro ser o mais organizada possível com as coisas que eu faço, com tabela de limpeza semanal, cardápio e etc, mais mesmo assim, principalmente depois do Lorenzo a parceria do marido está sendo essencial. Listei abaixo como está mais ou menos a divisão de tarefas for aqui, é claro que cada casa tem o seu ritmo e não são todos os maridos que gostam de cozinhar, mas eu acho que sempre dá pra ele fazer algo, nem que seja lavar a louça do jantar.

 




 

Divisão de Tarefas

 

Funções da Mamãe

  • Organizar as coisas fora do lugar
  • Limpar/Faxinar a casa
  • Lavar, pendurar, passar e guardar roupas
  • Manter os armários organizados
  • Cuidar das crianças durante o dia todo
  • Fazer a rotina noturna do Lorenzo
  • Deixar a cozinha limpinha antes de dormir
  • Cuidar das finanças e pagamento de contas

 

Funções do Papai

  • Cozinhar no jantar
  • Organizar o lixo e colocar na rua
  • Limpeza dos carros
  • Cuidados com o quintal e jardim (organizar e lavar)
  • Arrumar a cozinha quando necessário
  • Cuidar das crianças no período da noite
  • Fazer a rotina noturna da Julia

 

 

Claro que essa divisão de tarefas não é uma regra absoluta que nunca pode ser quebrada, e se eu preciso que ele me ajude com algo como lavar o banheiro, passar um MOP na casa, pendurar uma roupa no varal, ele ajuda sim, muitas vezes até sem eu pedir! Meu marido sempre diz que não considera uma ajuda o que ele faz, e sim uma parceria e cumplicidade nos afazeres, e eu super concordo com esse termo!

 

Colaborar com a organização colocando as coisas que usou no lugar também faz parte do nosso combinado, assim não ficam sapatos e roupas jogadas pela casa, facilitando o meu trabalho ao organizar as coisas.

 

Nós como casal achamos que essa forma de nos organizar, ajuda a melhorar a convivência sem gerar discussões e a tornar o nosso lar mais harmonioso e feliz. Se cada um cumprir com suas tarefas, todo mundo fica feliz e tudo dá certo. Mas acima de tudo isso existe a compreensão e o respeito ao outro, princípios que com certeza estamos já ensinando aos nossos filhos, para que no futuro, possam aplicar em suas famílias também.

 

Como funciona a divisão de tarefas por aí? Me contem aqui nos comentários! Vamos bater um papo sobre o assunto.

 

Um super beijo, e até a próxima!

 

 

 

 

Compartilhe

Deixe um comentário

2 Comentários em "Divisão de tarefas: Dicas de como compartilhar"


Visitante
Karina
2 anos 5 meses atrás

Meu sonho é que meu marido divida as tarefas comigo, Jenny. Estou casada há 3 anos e confesso que me sinto esgotada as vezes. Trabalhamos fora, chegamos tarde e me sobra apenas o final de semana para: limpar a casa, lavar roupa, cozinhar ( ele leva marmita ), lavar quintal, fazer mercado e feira e visitar meus pais / pais dele. Em apenas dois dias fazer tudo isso, é muito difícil. Normalmente lavo roupa na sexta-feira à noite, quando chego do trabalho. Costumo deitar neste dia por volta das 00:00, e levanto às 06:00 no sábado para continuar com todas as tarefas. Já dividi uma vez as tarefas, de modo que ele recolhia o lixo e seria responsável por lavar o banheiro… Resultado => meu lixo transbordou e o banheiro ficou 15 dias sem ser lavado 🙁
Também fui criada com o conceito de equipe e não tê-la depois de casada, me frustra bastante… Dá umas dicas por favor, da forma que você abordou este tema com o Papai Amélio. Talvez eu tenha pego o caminho errado – diversas vezes. Ah! E não, não sou mãe ainda. Pensar em toda essa rotina + uma criança, me esgota só de pensar.
beijão!!