papinha de bebê

 

Oi Amelietes, tudo bem com vocês? Quem escreve aqui é a Nutri Gaby, voltei da licença maternidade!!! E agora meus textos (que serão bimestrais) aqui na coluna Papo de Nutricionista estarão voltados para a alimentação da lactante e lactente, ou seja, mamãe e bebê. Já falamos recentemente sobre a Introdução Alimentar (IA), com a oferta inicial da papa de frutas ou papa doce como é mais conhecida nesse link, e hoje falaremos sobre a Papa principal, ou papa salgada, assim conhecida também como papinha de bebê.

 




 

Após 2 a 3 semanas do inicio da papa doce, começamos a oferta da papa salgada, para que o bebê acostume-se com o paladar e novos sabores. Como o nome diz papa salgada, associamos ao uso de sal, todavia NÃO deve-se adicioná-lo na papa do bebê, utilize temperos naturais como cebola, alho e ervas.

 

Como deve ser a papinha de bebê?

Antes preparava-se uma sopa/caldo com todos os ingredientes e oferecia à criança, entretanto, essa prática mudou, e para que a criança aprenda a reconhecer os sabores e diferentes alimentos, eles devem ser oferecidos separadamente.

 

A refeição deve ser completa e conter os 6 grupos de alimentos, sendo eles:

  • Cereal: arroz, macarrão, fubá, milho, etc.
  • Tubérculo: mandioquinha, cará, inhame, batata doce, mandioca, beterraba.
  • Proteína: carne, frango, ovo ou peixe.
  • Leguminosa: feijão (de todos os tipos: carioca, preto, branco, fradinha), ervilha, lentilha, grão de bico, ervilha.
  • Verduras: alface, couve, espinafre, agrião, mostarda, repolho, etc.
  • Legume: cenoura, chuchu, abobrinha, brócolis, berinjela, etc.

 

Os legumes devem ser higienizados, cozidos e amassados, podendo processar apenas as carnes e verduras, a fim de obter a consistência de purê. Outro ponto importante!!! Pode e deve-se ofertar o ovo para a criança desde o inicio, exceto para casos em que já existe o diagnóstico de alergia.

 

Após preparo, adicionar no prato pronto uma colher de chá de azeite extra virgem. As porções também podem ser congeladas para facilitar a rotina e a correria do dia a dia, mas vamos falar sobre como congelar papinha de bebê no meu próximo post da coluna!

 

Deixo aqui uma tabelinha com exemplos de papinhas completas:

 

papinha de bebê

 

Fico à disposição para dúvidas, troca de experiências e depoimentos! Não esquece de deixar seu comentário aqui abaixo! Espero vocês no meu perfil lá no instagram!!

Beijinhos da Nutri e até o próximo post.

 

Gabriela M. Guerra Goulart é Nutricionista pós graduada em Nutrição aplicada à terceira idade e atua na área nutrição clínica em Limeira/SP, ela divide conosco um pouco do seu dia a dia e dicas valiosas em seu Instagram.

 

Compartilhar:

 

1
Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

newest oldest most voted
Flavia
Visitante

Obrigado Gabriela pelas dicas, de papinhas eu geralmente fico muito perdida na hora de preparar para minha filhinha bjus..