se vestir bem

A maioria das mulheres gostam muito de comprar. A sensação de prazer e autoestima elevada é nítida quando compramos algo novo para nosso guarda roupa. Mas será que é preciso gastar muito ou comprar peças caras para se vestir bem? Hoje na coluna Papo de Estilo escrita pela Karine Stefano, falaremos sobre o assunto.

 




 

A moda está aí, em qualquer lugar que vamos e normalmente nos sentimos intimidadas em ter as peças da tendência, mas existe o tabu de que as “peças da moda” custam caro e caso não tenha condições de pagar o preço, temos que nos contentar a comprar só o que o “nosso bolso” permite.

 

“Muitas vezes o guarda roupa acaba sendo montado com peças de liquidações e roupas básicas para não ter erro”.

 

A princípio parece que o dinheiro faz falta para comprar roupas “estilosas” mas será que não é falta de cuidados e coerência nas suas escolhas?

 

se vestir bem

 

É claro que tem peças caras que valem o valor cobrado, por vezes tem tecidos nobres, são desenvolvidas por um estilista conceituado e com anos de experiência, porém, a realidade da maioria das pessoas é comprar em marcas mais baratas e assim acreditam que não podem comprar “roupas da moda” e se vestir bem. Um grande engano, pois as lojas de departamentos estão evoluindo ano após ano, oferecendo estilo e tendência para o seu público. As ruas de comércio de roupas estão a frente oferecendo os últimos lançamentos da moda.

 

E por que mesmo assim você acredita que só não pode se vestir bem como gostaria por falta de dinheiro?

As lojas de departamentos e as de rua oferecem preços mais acessíveis e “peças da moda”, então, se pararmos para pensar, talvez você esteja se boicotando e não tomando os devidos cuidados com as compras que faz. Se as suas compras não forem aleatórias e por impulso, mas forem coerentes com as suas necessidades e desejos, você provavelmente selecionará as peças no momento da compra e avaliará o custo x benefício dela.

 

E como ter o guarda roupa dos seus sonhos?

Com certeza ele não será montado do dia para a noite e nem em apenas uma ida ao shopping. O ideal é aos poucos adquirir peças que combinem com o seu estilo. Se você reservar todo mês um pouquinho de dinheiro para comprar algumas peças, no final de um ano você terá um guarda roupa mais moderno e coerente. O que vale é elaborar um plano, fazer uma lista de desejos e segui-la.

 

Se o básico você já possui, tenha em mente que deve acrescentar no seu guarda roupa peças diferenciadas que combinem entre si e com as peças que já possui. Não se deixe levar pelas vitrines, pois o que acontece normalmente é aquele “boom” de algum item e para todo lugar que olhamos, lá está ele, instigando as pessoas a comprá-lo e se enquadrar a maioria.

 

se vestir bem

 

Não seja como a maioria, analise se aquela peça está de acordo com você, com seu estilo de vida, se usará no ano que vem ou se combina com a sua idade. Faça duas ou três vezes a mesma pergunta com a peça na mão, “Eu preciso dela? ”, “Combina comigo? ”. Sendo sim, você estará no caminho certo, confie na sua decisão e intuição.

 

Se você tem muito dinheiro ou pouco dinheiro para investir, o que importa é ter atenção para comprar suas peças. Se ela custa R$ 20 reais ou R$ 200 reais, no final das contas ela tem que combinar com você e com os objetivos da sua imagem. Visualize a imagem de mulher que quer ser e busque peças que te representem, isso é se vestir bem.

 

Karine Stefano é estilista e consultora de imagem. Mãe de uma menina esperta e um lindo menino. Está no mercado da moda há 17 anos e auxilia as mulheres a terem uma relação feliz com sua própria aparência, aperfeiçoando sua imagem e otimizando seu guarda roupa, aumentando assim a autoestima e aprimorando o autoconhecimento. Compartilha conteúdo de moda e estilo no youtube, instagram, facebook e no site www.karinestefano.com.br

 

 

 

 

Compartilhe

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz