Hoje o post é sobre o famoso método BLW, que muitos ja ouviram falar, mas poucos sabem o que realmente é, como funciona, e os benefícios que pode trazer aos nossos pequenos. Por isso convidei a Dra. Vânia Gato Medeiros do Instagram @sospediatra para falar um pouco para vocês sobre o assunto.

A Julia pratica BLW desde os 7 meses e hoje aos 9 já é super independente. Se depois de ler, você ainda possuir dúvidas, acesse o instagram @sospediatra, lá tem muito mais material sobre o método e você também pode deixar suas dúvidas!!

 

Baby-Led-Weaning (“o bebê conduz o desmame”)

É a forma mais natural e menos traumática de introdução de alimentação complementar. Consiste em entregar o alimento nas mãos do bebê para que ele mesmo decida o momento de comê-lo. A partir dos 6 meses, quando da introdução de outros alimentos, converse com o seu pediatra sobre BLW.

 

Tem as seguintes vantagens:

  • Estimula a coordenação da musculatura mandibular e da língua e coordenação olho-mão-mastigação.
  • Respeita o ritmo do bebê para a introdução de novos alimentos. Ele nao é obrigado a aceitar a comida aos seis meses. Enquanto ele se familiariza com a comida ele recebe leite materno/formula e irá reduzir as mamadas gradualmente por ele mesmo.
  • O bebê já tem habilidade para alimentos sólidos e isso só será aprimorado.
  • A relação da criança com a comida será muito mais prazerosa e sem pressão.
  • O bebê come a mesma comida dos pais (depende da alimentação deles)
  • O risco de engasgar é mínimo, já que é o bebê que está no controle e não tem ninguém com uma colher a todo momento. Ele tem que comer no ritmo dele e não no do adulto que está oferecendo.
  • Ele não irá comer um purê homogêneo e tudo com a mesma textura/cheiro/sabor.
  • Os pais não terão que fazer malabarismos para o bebê comer e “olha o aviãozinho” não existirá.
  • Entre 12-15 meses o bebê será capaz de comer sozinho com colher
  • O bebê aceita bem todos os tipos de alimento, facilitando bastante para os pais quando estiverem em outros ambientes.

 

Desvantagens:

  • Suja um pouco no início
  • Medo dos pais devido à cultura da papinha/sopa. É como um bebê que pode andar ficar sempre no carrinho. Ele precisa do chão para se desenvolver. É o mesmo caso. Em algum momento ele deverá comer tudo separado e sozinho, e isso ele ja pode começar a fazer desde os seis meses. Ele só precisa ter a chance de fazê-lo.

 

foto (1)

Dra. Vânia Gato Medeiros

Pediatra e Neonatologista pela Santa Casa de São Paulo e com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Pediatria

Instagram.com/sospediatra

CRM 131.240

Compartilhar:

 

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.