mamadeira chupeta e copo de transição

 

Depois daquela maravilhosa notícia da gravidez, chegou a hora de organizar o enxoval do bebê! Diante de tantas variedades nas lojas especializadas, a maioria das mamães têm muitas dúvidas sobre quais itens são realmente indispensáveis e seguros para a saúde do pequeno. A chupeta e a mamadeira entortam os dentes? O copinho de transição é indicado? Vamos conversar sobre mamadeira, chupeta e copo de transição hoje na coluna Papo de Dentista, escrita pela Dra. Priscila.

 

mamadeira chupeta e copo de transição

Imagem: Google

A chupeta é um dos acessórios que sempre aparece no enxoval do bebê, de todas as cores, modelos e agora customizadas com cristais. Porém, o seu uso é sempre questionado, e fica aquele conflito entre a opinião dos profissionais da saúde e os mais experientes que a veem como um verdadeiro consolo. O ideal é que ela não seja utilizada, como recomenda a OMS, mas, caso isso não ocorra, os pais/responsáveis devem fazer o seu uso de forma racional – associada ao sono ou a situações que promovam estresse – para que a criança não fique com ela o tempo inteiro na boca. E qual o melhor modelo e material? O mercado dispõe de chupetas com o bico tipo ortodôntico e convencional. Quanto ao material, pode ser de silicone (bico transparente) e látex (bico amarelado). Deve-se optar sempre pelas chupetas ortodônticas de silicone, porque se assemelha ao bico do peito materno, sendo menos prejudicial à arcada dentária, já que o látex favorece um maior acúmulo de bactérias. O que muitos desconhecem é que a comercialização das chupetas customizadas está PROIBIDA pela ABNT (NBR 10334:2003), IMETRO (portaria 34/2009), ANVISA (RDC 221/2003) e Lei Federal 11.265/2006, atribuída ao risco de toxidez da cola utilizada na fixação dos cristais e ao seu possível risco de desprendimento causando, por exemplo, sufocamento ou lesões no intestino do bebê. E os dentes, ficam tortos? As consequências do hábito da sucção da chupeta variam de acordo com sua intensidade, duração e frequência. São problemas bucais mais comuns: mordida aberta, mordida cruzada, incisivos superiores projetados para frente, interposição da língua, alteração no padrão de deglutição e na fala. Além de ser prejudicial à amamentação. O hábito deve ser abandonado entre 2, 3 anos de idade. Caso surja uma mordida aberta anterior, por exemplo, ela tende a se corrigir de forma espontânea, atribuída ao crescimento ósseo da criança. É importante ter em mente que o choro é o canal de comunicação da criança e que ele pode ser decorrente de fome, cólica, medo, ansiedade e até carência afetiva. Procure entender o motivo aparente do choro do seu filho. Não faça da chupeta um meio mais fácil – e errado – de encerrar um choro indesejado.

 

mamadeira chupeta e copo de transição

Imagem: Google

A mamadeira também é contraindicada pela OMS (por interferir na amamentação natural), porém atribuída a sua praticidade, é o método mais utilizado para suplementação ou oferta de leite fora do seio materno – no período que a mamãe volta ao trabalho. O critério quanto a escolha do bico a ser utilizado é semelhante ao da chupeta. É importante que o bico da mamadeira não tenha seu orifício aumentado, pois a criança corre o risco de engasgo e ainda precisa fazer um esforço durante o processo de sucção para um bom desenvolvimento da musculatura e ossos do crânio e da face. Além disso, quando a criança consome a mamadeira deitada, o leite pode entrar pela tuba auditiva e provocar otite de repetição. E os dentes? Ficam tortos? De acordo com a revisão sistemática realizada por Hermont e colaboradores em 2015, as evidências científicas não poderiam confirmar os tipos de maloclusão (problemas nos encaixes dos dentes), associada ao uso da mamadeira, ou seja, a mamadeira não provocaria alterações na arcada dentária da criança. De acordo com os pediatras, a mamadeira deve ser abandonada dos 12 e, no máximo, até aos 18 meses de idade. Muito cuidado quando ela for consumida durante a madrugada, pois pode causar a cárie precoce na infância ou cárie de mamadeira. É importante ressaltar que a OMS recomenda o aleitamento materno exclusivo durante os primeiros seis meses de vida, e que depois ele se estenda até os 2 anos de idade da criança, associado a outros tipos de alimentos. E qual a melhor forma para oferecer o leite já que a mamadeira induz o desmame precoce? Através de um copo pequeno, onde ele será inclinado até que o leite toque nos lábios da criança.

 

mamadeira chupeta e copo de transição

Imagem: Google

O copo de transição ou treinamento quando não utilizado, deve ser introduzido gradativamente na rotina da criança na fase de introdução alimentar (normalmente a partir dos 6 meses de idade). Ele será também fundamental durante o período de eliminação do uso da mamadeira. De vários modelos, cores e tamanhos, possui indicações de acordo com a idade da criança. Durante os primeiros contatos com o novo acessório, o pequeno poderá estranhar e ter dificuldade para sugar o líquido oferecido, mas com o tempo logo ficará adaptado.

 

E agora? Mamadeira, Chupeta e Copo de transição farão parte do enxoval do seu bebê? Conte sua experiência para a gente.

 

mamadeira chupeta e copo de transiçãoPriscila Alencar tem 30 anos, é Dentista especialista em Odontopediatria pela ABO/RN; Pós-graduada em Ortodontia Preventiva e Interceptativa pela UFRN em Dentística Restauradora pela Academia Norte-Riograndense de Odontologia; Odontopediatra do Colégio das Neves; Mãe de uma princesa de 1 ano e 5 meses ela também é Autora do @blog_meudentinho e idealizadora e palestrante do @diadmae.

 

Compartilhar:

 

0 0 votes
Article Rating
guest
4 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Livia
Livia
5 anos atrás

Não dei chupeta ao meu bebê. Tá chegando aos 6 meses de amamentação exclusiva e vou tentar ir direto para o copo de transição.

Regiane
Regiane
6 anos atrás

Minha bebê tem 1e 8 meses e chupá dedo pra tudo posso troca pele chupetas ou é melhor fica com dedo

karen @umlardeamor
karen @umlardeamor
6 anos atrás

Jeny me indica o melhor copo pro meus babys a Allice tem 3 anos eo Arthur tem 1 ano